segunda-feira, setembro 25, 2006

Jacques Prévert

foto retirada da net



















O discurso sobre a paz

Já no final de um discurso extremamente importante
o grande homem de Estado engasgado
com uma bela frase oca
escorrega
e desamparado com a boca escancarada
sem fôlego
mostra os dentes
e a cárie dentária dos seus pacíficos raciocínios
deixa exposto o nervo da guerra:
a delicada questão do dinheiro.

tradução de Luís Eusébio


1 comentário:

James Cobain disse...

Este indivíduo a quem em plena assembleia da Nacções Unidas foi apelidado de "DIABO" e não o serà?

Nota: Quem o chamou de diabo, Hugo Chavez.