domingo, setembro 20, 2009

Miriam Makeba



Soweto Blues.
Miriam Makeba enlutou um continente para sempre e, quem sabe, outros continentes, por contágio ao amor que ela punha na música, na intervenção, na luta pela igualdade e justiça de um anti-apartheid. Mais do que cantora isolada, ela era tida como Mama Africa. E o amor era recíproco. Temas como Khawuleza, Click Song, Pata Pata, Mbube e tantos outros serão referências, certamente permanentes que farão parte da história da música africana e do mundo. Morreu em Itália, no passado 10 de Novembro mas a sua voz pode continuar a ouvir-se muito graças á divulgação feita pelo seu próprio talento e um outro tanto aos meios tecnológicos cada vez mais avançados que permitem tal partilha. Youtube tem algum do trabalho dela armazenado em videos, mas existem em dvd's tournées e espectáculos, assim como em cd's que a perpetuarão em nome de África, das lutas por valores humanitários e da música, universo indispensável á humanidade mais instintiva em nós. A Wikipédia e tantos outros sites fazem biblioteca e escrevem história com os dados da sua vida, melhor do que eu que não passo de uma apaixonada pelo mundo dos sons.

Sem comentários: