segunda-feira, julho 04, 2011

Lobo Duarte



Dormem em multi bancos

e por vezes escrevem na pele
com tinta limão
talvez o ódio do mundo
ou a solidão dos quartos
que nem os pássaros querem permanecer.
Dormem com a garrafa de vinho
encostada ao peito
como quem inventa um menino
para sorrir ao escuro silêncio
do homem pobre de rico.
Dormem dentro das caixas multi banco
e por vezes escrevem na pele
com tinta limão...







foto retirada da web

Sem comentários: