sábado, maio 05, 2012

Lambchop



Listen. Gone tomorrow. If not i'll just die. Nice without mercy. Never my love.
Mr. Met. The new cobweb summer. Up with people. I can hardly spell my name.
My blue wave. The one. Tell it like it is. I'm thinkin' of a number. Hold of you.
Under the same moon. Life's little tragedy. Breathe deep. The militant. Popeye.
Magnificent obsession. The old fat Robin. There's still time. I'm a stranger here.
Shang a dang dong. N.O. Soaky in the pooper. Close up. Please rise. Buttons.
The man who loved beer. How to live a normal life. The saturday option. Give it.

A banda Lambchop, anteriormente conhecida como Posterchild é oriunda de Nashville, no Tenessee, USA. Fortemente associada ao género de country alternativo, é considerada uma das bandas mais consistentes, brilhantes e únicas a emergir na década de noventa.
 A sua maior consistência e originalidade centra-se em volta do elemento da frente, Kurt Wagner.
Kurt esteve inicialmente associado à música tradicional country, ao purismo da frequência; a alteração do registo para a alternativa veio a desenvolver-se em meio a um conjunto de multi-influências, como são caso disso o post-rock, o soul e a lounge music.
Seja qual for o estilo, a característica ou espírito permanente musical é evocado pela composição interventiva  de Kurt Wagner, subtil e ambígua, bem como os vocais melódicos e bem entendidos.
A revista  American Songwriter descreve as letras de Wagner como doces e premonitórias.
A banda sendo considerada como tendo um "homem da frente" único e minimalista entre os compositores intérpretes, é também considerada a banda em que os seus elementos restantes reúnem polivalências instrumentais e estilos do mais extensível que existe, dentro do género. A interpretação  e a capacidade vocal de Wagner assemelham-se com músicos da soul como Barry White, Curtis Mayfield e Marvin Gaye, ainda dentro da country e da folk.

Para ler mais, aqui.


Sem comentários: