segunda-feira, julho 09, 2012

Manuel Rui



(1941)

Uma Onda e África

1
Uma onda
é amar-te e medo
ciúme deste mar
tan-tan do meu naufrágio
numa canoa de pétala
de acácia

2
Uma jangada
que me tragas feita
de troncos de palmeira
ou de um barco de negreiros
afundado
e dentro de uma concha
uma notícia

3
Amar-te é esta distância
e junto ao mar
senti-lo viajado
azul e com estrondo

4
Amar-te é uma fogueira
sobre a onda
sítio de uma lavra
de milho ou mandioca
na areia que me foge
sob a espuma

5
Amar-te é isto
com o teu perdão
não agarrar a onda
e mastigar-lhe o sal
que apenas sei
ter já beijado
a tua praia

6
Uma onda
que penso.
Outra em que reparo.
A mesma em que pensei
e que retorna ao mar.

7
Porque ficar a onda
— o impossível
(dizem que não havia
mar
remos de sol
nem barcos afundados).


(in A Onda; Centro Virtual Camões)


Sobre o autor(Manuel Rui, autor da letra do popular tema da música, "Meninos
de Huambo", nasceu em Nova Lisboa (Angola), em 1941. Licenciado
em Direito pela Universidade de Coimbra. Desempenhou diversos cargos
oficiais. Colaborou em publicações várias. Poeta, ficcionista e ensaísta).
É uma conhecida figura pública nacional e internacional.

Sem comentários: